Vagas abertas no curso de varejo no Coletivo Coca-Cola


A empresa Coca-Cola está abrangendo o seu projeto social para beneficiar diversas pessoas, oferecendo-lhes oportunidades para formação na área de varejo. Atualmente o Coletivo Coca-Cola, que está localizado no município de Campinas, está disponibilizando 120 oportunidades para as pessoas que desejarem fazer o curso. O treinamento consistirá em aulas práticas com assuntos de empregabilidade, realização de vendas, merchandising, desenvolvimento de negócios, relacionamentos e serviços ao consumidor e também mercado de varejo.

O requisito para realizar o cadastro no treinamento é de que os candidatos tenham idade entre 15 e 24 anos. O prazo das inscrições se encerrará no dia 27 de fevereiro de 2015. Os candidatos interessados devem se dirigir até uma das unidades do Coletivo Coca-Cola, no município de Campo Grande; ou se cadastrar diretamente no site do projeto www.coletivococacola.com.br.


O treinamento será no período de dois meses, com uma carga horária de duas horas semanais. O início das aulas será nas datas de 3 e 4 de março, na ONG Casa dos Anjos, situada no Campo Grande e também na ONG Semear, localizada no Parque Via Norte.

No treinamento os alunos terão a chance de realizar testes de mercado e ir a um estabelecimento de venda para terem a aula prática sobre a realização de vendas e entrarem em contato com as estratégias que são utilizadas no mercado.

O curso tem como objetivo preparar os alunos para ingressarem no mercado de trabalho. Devido à alta competitividade e a falta de experiência de diversas pessoas, o projeto surgiu com o intuito de possibilitar a inserção de diversos jovens na área profissional. Depois que é finalizado o curso, os candidatos têm a chance de serem direcionados para uma das redes de varejo ou mesmo para a empresa Coca-Cola e iniciar a sua atividade profissional. Esta é uma excelente chance para as pessoas que buscam uma capacitação profissional e também oportunidades para ingressarem no mercado de trabalho. 



Por Felipe Couto de Oliveira

Deixe o seu comentário