Sisutec tem vagas remanescentes em cursos técnicos gratuitos


Inscrições nos cursos podem ser realizadas até o dia 2 de agosto.

Quem pensa em fazer um curso técnico e garantir o sucesso de sua vida profissional tem uma oportunidade imperdível: o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) disponibilizou vagas remanescentes para cursos técnicos gratuitos. As vagas foram disponibilizadas nesta segunda-feira (20), e as inscrições devem ser feitas até o dia 2 de agosto.

Não é necessário que tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nesta etapa, o requisito é que tenha concluído o ensino médio entre os anos de 2012 e 2014, não importando a data de emissão do certificado, desde que tenha sido nesse período.


As vagas ofertadas são para cursos técnicos gratuitos, em instituições de ensino superior e de educação profissional ou tecnológica, tanto públicas quanto privadas. Até o momento mais de 212 mil inscrições foram feitas pelas chamadas regulares. São ofertadas nesta etapa 83.641 vagas para todo o Brasil – em municípios de todos os estados e no Distrito Federal. As aulas iniciam entre 3 e 31 de agosto.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site do Sisutec: sisutec.mec.gov.br, no campo “Inscrições on-line para vagas remanescentes”. Não é cobrada taxa de matrícula. Após a inscrição, o candidato tem que confirmar a matrícula direto na instituição de sua escolha. É importante ressaltar que, se não fizer isso, terá a inscrição cancelada.

Para complementar um dado muito importante sobre cursos técnicos: eles colocam mais rapidamente os profissionais no mercado. Uma grande parte das empresas prefere contratar quem vem de cursos técnicos, pois têm a garantia de que são profissionais que estão muito bem preparados para o mercado de trabalho. E esse é o objetivo do Sisutec: qualificar jovens e adultos, prepará-los para entrar no mercado e construir a sua carreira profissional. Todos os anos milhares de alunos ingressam e se formam nos cursos ofertados pelo Sisutec.



Por Elia Macedo

Deixe o seu comentário