Pós-Graduação na Nova Zelândia – Inscrições Abertas

Governo da Nova Zelândia oferta vagas para cursos de Mestrado e Doutorado nas áreas de Energias Renováveis e Agricultura.

Para quem se interessa em estudar no exterior, o governo da Nova Zelândia, através do seu programa, o New Zealand Development Scholarship (NZDP), está com inscrições abertas para a seleção de novos alunos que queiram estudar naquele país e, assim, obter uma experiência internacional tanto para a carreira acadêmica quanto para a formação profissional.

No programa ofertado pelo governo neolandês, somente os melhores alunos deverão ser selecionados dentro de cada área específica de conhecimento para as quais as vagas estão sendo ofertadas.

Para este ano de 2017, deverão ser ofertadas vagas para as áreas de Energias renováveis e para a Agricultura (terão preferência os brasileiros), pois novos avanços e novas descobertas nestes campos também interessam aos que vivem naquele país.

As vagas são destinadas para quem quiser fazer um curso de pós-graduação, do tipo mestrado e doutorado e para quem se interessar, o prazo vai até o próximo dia 30 de março. As inscrições prévias poderão ser feitas no seguinte endereço eletrônico: www.mfat.govt.nz/en/aid-and-development/scholarships/how-to-apply/ e lista completa das instituições de ensino que deverão ofertar vagas podem ser conferidas no seguinte site: www.mfat.govt.nz/en/aid-and-development/scholarships/where-you-can-study/#NZ.

Para que o estudante possa ser contemplado com uma generosa bolsa de estudos concedida pelo governo da Nova Zelândia, alguns requisitos devem ser obrigatoriamente satisfeitos. São eles: ter idade limite de 39 anos na época da inscrição, já possuir algum tipo de experiência profissional de no mínimo 01 ano na sua área de conhecimento, ter proficiência na língua inglesa, enviar currículo acadêmico para o endereço citado acima e se comprometer a retornar ao Brasil em até dois anos depois de terminado o respectivo curso.

A bolsa que é concedida para os estudantes selecionados pode ter uma duração variável de seis 48 meses e isto vai depender de cada instituição do país. Além da mesma, quem for selecionado deverá ter direito a uma série de benefícios como um seguro de saúde que cobrirá possíveis gastos durante a viagem, as passagens de ida e volta são por conta do governo daquele país, além dos custos com anuidade e o candidato selecionado terá direito a receber um certo valor mensal que deverá ser suficiente para cobrir as sua despesas com a sua manutenção enquanto permanecer estudando.

Por Emmanoel Gomes

Posts Recentes

Curso de integridade corporativa para PMEs: inscrições abertas

Treinamento de integridade corporativa para PMEs promete transformar a gestão e governança. Investir em integridade corporativa é essencial para o… Leia Mais

MEC altera regras: cursos de formação de professores exigirão 50% de aulas prese

Educação à distância: cursos de formação de professores deverão ter metade das aulas presenciais, determina MEC. O Ministério da Educação… Leia Mais

Melhore suas campanhas digitais com o curso de tráfego pago do Senac

Senac Recife oferece curso prático de tráfego pago e mídia de performance com início em 17 de junho. A visibilidade… Leia Mais

Jovens do Paraná podem se inscrever para bolsas de TI e qualificação

Inscrições abertas para mil jovens no programa Talento Tech: bolsas de até R$ 1.500 e curso de TI no Paraná.… Leia Mais

Jovens de baixa renda na Bahia: cursos gratuitos estão disponíveis

Instituição oferece 150 vagas em curso gratuito para jovens de baixa renda na Bahia. Inscrições até 31 de maio. O… Leia Mais

Curso de técnico de celular em Manaus: qualificação e oportunidades de emprego

Prefeitura de Manaus oferece curso gratuito de técnico de celular com foco em qualificação e empregabilidade. A Prefeitura de Manaus,… Leia Mais