Melhor Idade para Aprender Outro Idioma

Categorias: Idiomas - Inglês

Saiba aqui qual é a melhor idade para aprender uma nova língua.

Todos nós sabemos o quanto é importante hoje em dia saber outro idioma, tanto do ponto de vista acadêmico e profissional, quanto do ponto de vista de desenvolvimento pessoal. Mas para muitos essa não é uma tarefa tão simples assim e sempre surge a dúvida sobre qual a melhor idade para aprender um novo idioma e se existe uma fase da vida em que esse aprendizado ocorre de forma mais fácil e agradável. É exatamente sobre isso que nós vamos conversar hoje.



De acordo com uma matéria divulgada pela BBC News, existe uma ideia geral de que é durante a infância que o aprendizado de uma nova língua se dá de maneira mais espontânea, quase ao ponto de ser inconsciente. Segundo Carmen Rampersad, as crianças não aprendem um idioma, elas o adquirem, porém, isso não significa que não existam vantagens em aprender um novo idioma em outras fases da vida. Ainda conforme a matéria, os adultos possuem uma capacidade bem maior de aprender em uma sala de aula seguindo instruções, diferentemente das crianças muito pequenas, que não possuem controle cognitivo e sua capacidade de atenção e memória são menores.

Segundo a revista Exame, os bebês tem uma maior facilidade com os sons, sendo capazes de distinguir todas as consoantes e vogais conhecidas pelo mundo, o que pode ser muito útil para a aquisição de um vasto repertório. Já as crianças podem assimilar sotaques nativos de forma muito rápida, através do hábito de imitar falas e comportamentos das pessoas.

Um estudo realizado pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology) através da aplicação de questionários online, chegou à conclusão que a melhor idade para se adquirir um conhecimento nativo da gramática inglesa é por volta dos 10 anos de idade. Porém, o estudo também apontou que é possível melhorar no conhecimento dos idiomas ao longo do tempo, incluindo o nosso. De acordo com a Revista Crescer, esse estudo foi motivado pelo fato de que nem sempre a pessoa que consegue falar de forma fluente outro idioma é capaz de entender as nuances gramaticais de uma nova língua. A pesquisa em questão fornecia palpites sobre a origem dos entrevistados com base nas suas respostas ao questionário e acabou se tornando bastante popular, chegando a atrair 100 mil acessos por dia com pessoas dos mais variados idiomas.



Para os pesquisadores, alguns fatores que dificultam a aprendizagem de uma nova língua após a chegada da vida adulta são as mudanças que ocorrem com o indivíduo, tanto sociais quanto físicas, além da interferência da língua materna e do próprio desenvolvimento natural do cérebro. Isso sem contar que a medida em que envelhecemos tendemos a acumular cada vez mais tarefas e responsabilidades, logo, fica sempre mais difícil encontrar tempo, disposição e até mesmo um local adequado para o estudo de outro idioma.

Outra curiosidade acerca do estudo é que foi constatado que aquelas pessoas que aprendem um novo idioma através da experiência de morar em um outro país são mais fluentes do que aqueles que aprendem em uma sala de aula. Isso mostra o quanto o aprendizado por meio de vivências são enriquecedores e proporcionam um nível de compreensão mais elevado do que apenas a “transferência de conhecimento”, que normalmente ocorre em uma sala de aula.

É importante ressaltar também que existem alguns mitos com relação ao aprendizado de uma segunda língua durante a infância. Por este motivo a escola Teddy Bear realizou uma matéria em que desmistifica muitas concepções à cerca do assunto, como por exemplo, o fato de muitos acreditarem que isso pode confundir a criança e atrapalhar o aprendizado e alfabetização da sua língua materna ou que a criança irá esquecer o novo idioma com o passar do tempo. Como mencionado, tudo isso é apenas mito e, com a globalização, as crianças sempre tem oportunidades de treinar a sua fluência, portanto, dificilmente irão esquecer.

O fato é que, nunca é tarde para começar a aprender um ou quantos idiomas você quiser! Let's go!

Por: Maria Leilane Azevedo de Souza.



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *