IFMT (MT) 2014 abre mais de mil vagas em cursos técnicos


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso (IFMT), está com vagas abertas para os cursos técnicos. Ao todo, são 1.955 vagas divididas em 14 campi nas seguintes cidades: Alta Floresta, Barra do Garças, Campo Novo do Parecis, Cuiabá (Bela Vista), Cuiabá (Octayde Jorge da Silva), Juína, Confresa, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sorriso, São Vicente e Várzea Grande.

Os interessados devem se inscrever no site oficial do IFMT até o dia 5 de outubro de 2014 e a efetivação será feita mediante pagamento da taxa de R$ 30.


Estará apto a cursar o jovem que tenha concluído o ensino fundamental até a data da matrícula, que será realizada nos dias 5 e 6 de janeiro de 2015 para a primeira chamada.

Serão aprovados aqueles com alcançarem maior nota na prova, composta de 20 questões de português e 20 de matemática. O candidato que não acertar nenhuma questão em uma das matérias será automaticamente eliminado do processo seletivo.

O Instituto utiliza ainda o sistema de cotas, tanto para alunos de baixa renda – levando em consideração a renda total familiar -, quanto para negros, pardos e indígenas. Além disso, os estudantes provenientes de escolas públicas – federal, estadual e municipal – contam com o percentual de 50% das vagas oferecidas.



Os cursos técnicos tem duração entre 3 e 4 anos, dependendo da especialidade, e podem variar entre os turnos matutino, vespertino e tempo integral.

As áreas disponíveis são: secretariado, desenvolvimento de sistemas, eventos, meio ambiente, química, administração, agrimensura, controle ambiental, agroindústria, edificações, comércio, eletromecânica, alimentos, eletrônica, informática, eletrotécnica, desenho de construção civil, agropecuária e telecomunicações. 

As provas serão realizadas no dia 30 de novembro e o resultado da primeira chamada será publicado no site do Instituto no dia 19 de dezembro. O edital completo pode ser conferido no site do Instituto.

Por Marcella Araci Caldeira Sing

Deixe o seu comentário