Categorias: CursosFies

Fies 2018 – Como Funciona, Requisitos, Mudanças

A mudança mais importante do Fies é que ao invés de contrato único, agora o beneficiado poderá contar com três modalidades de contrato, com juros diferenciados de acordo com a renda do estudante e a região do país a que pertence.

Muitos jovens querem cursar o ensino superior, contudo o número de vagas disponibilizadas nas universidades públicas não são suficientes para absorver a demanda. O FIES foi criado pelo Governo Federal para financiar o curso superior de jovens que não conseguiram vaga em uma instituição pública e não têm condições financeiras de custear uma universidade privada.

Criado em 1999, o FIES teve sua ampliação nos anos seguintes. Em 2010 o Agente Operador do Programa passa a ser o FNDE, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação dando continuidade ao programa de democratização do ensino superior. Desde 2015 que o financiamento tem a percentagem de 6,5% ao ano.

Novas regras para o FIES em 2018

Algumas mudanças ocorrerão para os novos inscritos no FIES. Essas regras só estarão vigentes em 2018. A mudança mais importante é que ao invés de contrato único, agora o beneficiado poderá contar com três modalidades de contrato, com juros diferenciados de acordo com a renda do estudante e a região do país a que pertence.

Fies 1

Esta opção é reservada para famílias com até três salários mínimos. Para esta modalidade serão destinadas 100 mil vagas. O governo e as instituições irão arcar com os riscos do financiamento.

As prestações cobradas, para o pagamento da dívida, serão calculadas de acordo com a renda do estudante inscrito e estas parcelas só poderão comprometer 10% da renda mensal do indivíduo.

Essa quantia será descontada automaticamente do salário do beneficiado assim que ele estiver empregado.

Nesta modalidade de contrato o juro é zero.

Fies 2

Direcionado aos estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, esta modalidade oferece 150 mil vagas com juros de 3% ao ano. Para ter acesso a esse contrato, além de pertencer a uma dessas regiões, o candidato precisa ter a renda familiar de até 5 salários mínimos.

Fies 3

Este contrato disponibiliza 60 mil vagas para os estudantes de qualquer região do país que tenham até 5 salários mínimos de renda familiar.

Os custos do financiamento virão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de fundos para o desenvolvimento das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Ainda não foram definidos os juros para esta modalidade de contrato.

Vale ressaltar que as regras para os inscritos no programa ainda em 2017, continuam sendo as mesmas, não participando dessas alterações anunciadas pelo Ministério da Educação.

O modelo vigente hoje é:

  • Contrato único
  • Durante o curso deve-se pagar o valor de R$150, 00 a cada três meses;
  • Carência de 18 meses após o término do curso;
  • Juros de 6,5% ao ano;
  • Valor da mensalidade financiada até R$ 5 mil.

Quem pode participar do FIES

Nem todos têm o direito a participar do FIES, para ter acesso ao financiamento você precisa preencher os seguintes requisitos:

  • Estar matriculado em uma Instituição de Ensino Superior;
  • Ter participado de alguma edição do Enem a partir de 2010;
  • Não ter zerado a redação do Enem;
  • Ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas;
  • Renda familiar bruta por pessoas de até 3 salários mínimos (2017).

Quem não pode participar

  • Beneficiários de bolsa integral do Prouni;
  • Alunos com a matrícula trancada;
  • Estudantes cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a 3 salários mínimos (regra em 2017);
  • Que já tenha sido beneficiado pelo Fies;
  • Que possua alguma inadimplência no Crédito Educativo.

As inscrições para o Fies em 2018

Para não perder o prazo é bom ficar atento ao calendário do FIES. As inscrições para o primeiro semestre do ano geralmente ocorrem em fevereiro e ficam abertas por quatro dias.

A inscrição é feita em três etapas:

  • Inscrição no SisFies;
  • Validação das informações;
  • Contratação do financiamento.

Agora que você sabe das novas regras do FIES, pode planejar a sua graduação.

Mais informações: http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Por Fabíola de Moraes

Posts Recentes

MEC altera regras: cursos de formação de professores exigirão 50% de aulas prese

Educação à distância: cursos de formação de professores deverão ter metade das aulas presenciais, determina MEC. O Ministério da Educação… Leia Mais

Melhore suas campanhas digitais com o curso de tráfego pago do Senac

Senac Recife oferece curso prático de tráfego pago e mídia de performance com início em 17 de junho. A visibilidade… Leia Mais

Jovens do Paraná podem se inscrever para bolsas de TI e qualificação

Inscrições abertas para mil jovens no programa Talento Tech: bolsas de até R$ 1.500 e curso de TI no Paraná.… Leia Mais

Jovens de baixa renda na Bahia: cursos gratuitos estão disponíveis

Instituição oferece 150 vagas em curso gratuito para jovens de baixa renda na Bahia. Inscrições até 31 de maio. O… Leia Mais

Curso de técnico de celular em Manaus: qualificação e oportunidades de emprego

Prefeitura de Manaus oferece curso gratuito de técnico de celular com foco em qualificação e empregabilidade. A Prefeitura de Manaus,… Leia Mais

HSVP tem vagas para curso técnico em enfermagem com bolsas de até 100%

Aproveite os descontos e bolsas de estudo no curso técnico em enfermagem do HSVP. Inscrições até 31 de maio! O… Leia Mais