Cursos Técnicos no Senai 2020



Senai tem 775 vagas abertas em diversos cursos técnicos com início em 2020.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial abriu vagas para cursos técnicos novamente. São mais de 700 vagas em cursos técnicos para seis unidades, nas cidades de Araguaína, Palmas, Taquaralto, Paraíso, Gurupi e Xamboiá. Ao todo, são 775 vagas que estão divididas em 18 turmas, de cursos em modalidade presencial, e 3 em modalidade semipresencial. Além disso, dessas 775 vagas, 75 são oferecidas através de bolsa de estudo institucional.

Para participar dos cursos, é necessário que os alunos já tenham terminado, ou ainda estejam cursando o ensino médio. Para os que estão cursando, é necessário que estejam no 2º ano, no mínimo. Essas regras e outras foram ditadas nos editais 01/2020, dos cursos presenciais, e 02/2020 (dos cursos semipresenciais), disponíveis no site do SENAI (senai-to.com.br/ProcessosCursos.aspx). Essa nova temporada corresponde às turmas que vão começar no início do ano que vem, em 2020. Muitas novidades acompanham o processo, como a abertura de duas novas turmas de técnico em eletromecânica em Xamboiá, através do Posto Avançado do SENAI.



As matrículas poderão ser feitas nas unidades do Sistema com data final para o dia 16 de dezembro, a ser esse o último dia para a realização das matrículas. Caso as vagas se esgotem antes, as matrículas não serão mais recebidas. Os matriculandos deverão levar os documentos e comprovantes que constam nos editais e as formas de pagamento poderão ser obtidas no atendimento online e nos setores de atendimento das unidades.

No que diz respeito às bolsas de estudo, terão como prioridade os trabalhadores da indústria e dependentes, caso haja, e demais sindicatos ou associações com setores industriais e colaboradores do sistema FIETO, Força da Indústria. Os candidatos precisarão atender aos requisitos,de possuir baixa renda, declarada por escrito, e não ser aluno da instituição, estar cursando no SENAI, ou possuir descontos em outras matrículas, sejam as atuais ou de tempos passados.



Confira, agora, os cursos ofertados em cada cidade do estado.

Araguaína

A cidade de Araguaína recebe os cursos presenciais de técnico em edificações, com carga horária de 1280 horas, no valor parcelado em 24 vezes de R$ 250,00; técnico em automação industrial, com carga horária de 1260 horas, no valor parcelado de R$ 250,00; Técnico em desenvolvimento de sistemas, com carga horária de 1000 horas; técnico em telecomunicações, com carga horária de 1200 horas, técnico em mecatrônica, com carga horária de 1200 horas. Todos os cursos são pagos com 24 parcelas de R$ 250,00 e contemplam 5 alunos com bolsas de estudo, completando 25 bolsas ao todo para os cursos presenciais.

Os cursos semipresenciais contemplam os de Técnico em eletromecânica, com carga horária de 1200 horas; Técnico de logística, com carga horária de 1200 horas. Os encontros variam e o valor é parcelado em 22 vezes de R$ 140,00. Assim como os cursos presenciais, os dois cursos semipresenciais comtemplam 5 alunos de cada curso com bolsas de estudo.

Taquaralto

O município de Taquaralto recebe apenas um curso. O curso é presencial, de técnico em vestuário, com carga horária de 1200 horas, no calor parcelado em 24 vezes de R$ 250,00.

Palmas

A capital recebe os cursos presenciais de Técnico em mecatrônica, técnico em eletrotécnica, técnico em administração, técnico em manutenção automotiva, e técnico em química. Os cursos possuem uma carga horária que varia entre 1000 e 1280 horas, com o valor parcelado em 24 vezes de R$ 250,00.

Os municípios de Gurupi, Paraíso e Xamboiá recebem apenas um curso em cada cidade. Em Gurupi, é ofertado o curso de técnico em automotiva, em Paraíso, é ofertado o curso de técnico em administração, e em Xamboiá é ofertado o curso de técnico em eletromecânica. Os cursos contam com uma carga horária que varia entre 1000 e 1440 horas, todos com o mesmo preço, de 24 vezes de R$ 250,00.

Por Davi Gabriel Soares

Senai

Deixe o seu comentário