Cursos Técnicos Gratuitos EaD no IFB em 2017


IFB oferta 1.180 vagas em cursos técnicos gratuitos na modalidade EaD.

O IFB (Instituto Federal de Brasília) anunciou que estão disponíveis 1.180 vagas para aqueles que desejarem fazer cursos técnicos gratuitos. Os cursos acontecerão por meio do Programa MedioTec, do Ministério da Educação, e serão realizados na modalidade a distância.

Os interessados poderão se inscrever até o dia 22 de junho de 2017, por meio do site do Programa docs.google.com/a/etfbsb.edu.br/forms/d/e/1FAIpQLSf-giyA42kgdhcgAG-eweBR6vnNGOF8lipfkJxH_jgyYQ9S5g/viewform.


As oportunidades se destinam a estudantes que estejam regularmente matriculados na rede pública de ensino, cursando, de preferência a 2ª série do Ensino Médio ou cursando a 3ª. Terão prioridade os estudantes que estejam em situação de vulnerabilidade ou que sejam beneficiários do Programa Bolsa Família.

Visando o critério de desempate, o programa irá selecionar os candidatos de acordo com seu bairro, a região em que vive, as características socioeconômicas e a cidade.

As vagas oferecidas pelo Instituto Federal de Brasília estão dividas em quatro cursos e nove polos. Os cursos oferecidos são: Técnico em Hospedagem (120 vagas); Técnico em Informática (400 vagas); Técnico em Programação de Jogos Digitais (260 vagas); e, Técnico em Eventos (400 vagas). Essas vagas estão distribuídas pelos seguintes campi: Campus São Sebastião (140 vagas); Campus Riacho Fundo (170 vagas); Campus Brasília (350 vagas); Campus Ceilândia (100 vagas); Campus Gama (140 vagas); Campus Samambaia (100 vagas); Campus Recanto das Emas (40 vagas); e, Campus Taguatinga (140 vagas).



Sobre o IFB

Fundado em dezembro de 2008, por meio da lei nº 11.892, o Instituto Federal de Brasília (IFB) faz parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que está presente em todo país.

O IFB se configura como uma instituição pública que disponibiliza Educação Profissional gratuita, no formato de cursos e programas de formação inicial e continuada de trabalhadores (FIC), além de cursos de educação profissional técnica de nível médio e educação profissional tecnológica de graduação e de pós-graduação, que desenvolvem projetos de extensão e de pesquisa. O atendimento é bastante diversificado, trabalhando de acordo com a vocação econômica das regiões administrativas do Distrito Federal.

O Instituto é composto pela Reitoria e por mais 10 campi, espalhados pelo Distrito Federal: Planaltina, Brasília, Riacho Fundo, Taguatinga, Gama, Ceilândia, Taguatinga Centro, Samambaia, Estrutural e São Sebastião.

Por Iris Gonçalves

Deixe o seu comentário