Cursos na Coca-Cola 2021 – Projeto Coletivo Online

Categorias: 2021 - Coca-Cola - Cursos Profissionalizantes - Cursos online

Empresa anuncia abertura de 26 vagas no Projeto Coletivo Online.



O Instituto Coca-Cola, juntamente com a Solar, anunciou, no dia 02 de agosto, a abertura das inscrições para mais de 26 (vinte e seis) vagas no Projeto Coletivo Online, programa que tem como finalidade oferecer empregos em formato totalmente digital para jovens em busca da primeira oportunidade de trabalho.

Quem pode participar?

Podem realizar inscrição jovens que tenham entre 16 e 25 anos, e que estejam cursando ou já tenham concluído o ensino médio.

Projeto Coletivo Jovem: saiba mais sobre o programa

Desde 2009, o projeto prepara jovens do Brasil inteiro para alcançarem sua primeira colocação no mercado de trabalho. Segundo dados informados no site cocacolabrasil.com.br, mais de 250 mil pessoas já tiveram suas carreiras impactadas pelo projeto que, durante a pandemia de coronavírus, obteve uma versão totalmente online, o Coletivo Online. Ainda que os programas sejam de ordem distinta, o objetivo principal segue o mesmo: auxiliar o jovem a se planejar e alcançar sua primeira oportunidade de emprego.

Durante o curso, os jovens conectam-se com temas relacionados ao mundo do trabalho, bem como reflexões acerca de um plano de vida, construção de um planejamento na área financeira, maneiras de construir currículos, além de táticas para realizar a sua preparação par processos seletivos e entrevistas, sobretudo.



A fim de facilitar o acesso, o Coletivo Online oferece conteúdos por meio de WhatsApp, aplicativo popular de troca de mensagens que consome menor quantidade de dados móveis, facilitando a participação daqueles que, porventura, tenham dificuldades de acesso à internet.

De que maneira funciona o Coletivo Online

O curso, oferecido em parceira com o Instituto Coca-Cola Brasil, não tem custo algum para os participantes e dura cinco semanas. Durante este tempo, os alunos receberão dez videoaulas, além de atividades que deverão ser realizadas nesse período, por meio do próprio celular. Terminado o curso, os participantes que realizaram cadastro na comunidade do Coletivo, juntamente ao banco de vagas oferecido pelo programa, terão a oportunidade de se candidatar a processos de seleção em uma rede de cerca de 400 parceiros empregadores.

Recebimento de certificado

Aqueles participantes que desejam receber certificados de participação precisam assistir, no mínimo, a sete das dez aulas, bem como realizar 70% dos exercícios indicados, além de responder a dois questionários cuja indicação será obrigatória, e, por fim, elaborar seu currículo e enviá-lo para o tutor responsável ou realizar cadastro na comunidade do programa, no site Vagas.com.

Concluído o curso, o aluno ainda terá acesso a uma aula extra contendo informações acerca do cadastro em um banco de vagas exclusivo junto ao site Vagas.com. Tais vagas são oferecidas por empresas que tem parceria com o programa. Estas são, sobretudo, empresas cuja atuação se dá no mercado de varejo, e oferecem postos na área de vendas, atendimento, repositores, por exemplo.

Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no site: cocacolabrasil.com.br/institutococacolabrasil/coletivoonline, ou por meio de canais alternativos, tais como o serviço de atendimento, via WhatsApp, através do número: 21 99354-3793.

Ações do programa

Segundo o site cocacolabrasil.com.br, desde o início do programa, no ano de 2009, mais de 256 mil jovens fizeram parte do projeto. Estes, que se espalham pelo Brasil, tiveram acesso tanto ao Coletivo Jovem (que oferece aulas presenciais) quanto ao Coletivo Online, com atividades digitais. Dentre os mais de 250 mil participantes, cerca de 77 mil conseguiram acessar o mercado de trabalho. Somente no ano de 2020, foram mais de sete mil alunos formados no programa, tanto na modalidade online quanto presencial. Deste total, cerca de 70% são mulheres, e outros 68% são de pessoas negras. Uma pesquisa divulgada pela Plan Avaliação mostrou que mais de 40% dos jovens que participaram dos programas alcançaram postos no mercado de trabalho em até seis meses após a conclusão do curso.

Sabrina Ferraz Fraccari



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *