Curso gratuito de audiovisual Cinema Nosso 2022


Cinema Nosso abre inscrições para curso gratuito de Audiovisual. Aulas serão realizadas na cidade do Rio de Janeiro 2022.

O conhecimento pode abrir muitas portas na vida de um jovem. Para isso, nada melhor do que buscar aprendizagem e desenvolvimento por meio de cursos profissionalizantes.


Pensando nisso, a ONG Cinema Nosso lançou recentemente o Projeto Ginga – Inovar para transformar. A proposta é oferecer a jovens do Rio de Janeiro com idade entre 18 e 29 anos a oportunidade de fazer cursos online e gratuitos de audiovisual, jogos e cultura digital.


Cinema Nosso é uma organização não governamental com 20 anos de história. Por meio da produção de conteúdo audiovisual, a ONG já impactou mais de 10 mil jovens da periferia do Rio de Janeiro.


Nas redes sociais da ONG Cinema Nosso é possível acompanhar todo o trabalho desenvolvido pela instituição sem fins lucrativos. Além disso, também é possível conhecer detalhes sobre a primeira edição do Projeto Ginga.


Projeto Ginga — Inovar para transformar

O Projeto Ginga, idealizado pela ONG Cinema Nosso, conta com o apoio da Petrobras, do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Destinado a jovens com idade entre 18 e 29 anos das cidades de Itaboraí, Macaé e Duque de Caxias, o projeto visa levar educação de qualidade aos interessados por audiovisual, jogos e cultura digital através de cursos online e gratuitos.

As inscrições ocorrem até o mês de março, a seleção dos candidatos ocorre durante o mês de abril e o início previsto dos cursos está para o mês de maio. A ideia é atender ao menos 180 jovens das cidades de Itaboraí, Macaé e Duque de Caxias, sendo que serão 60 vagas para cada uma das três modalidades de formação: audiovisual, jogos e cultura digital.

As aulas serão ministradas ao vivo e também haverá conteúdos gravados. Por meio dessa formação, idealizadores do projeto querem fomentar as competências técnicas e também as habilidades pessoais e profissionais dos participantes.

Vale lembrar que o site cinemanosso.org.br e as redes sociais da ONG Cinema Nosso já contam com vasto material informativo e educativo relacionado à importância do audiovisual e, também, dos direitos humanos na sociedade.

Também é por meio do site cinemanosso.org.br e das redes sociais da ONG Cinema Nosso que o link para inscrições vai ser disponibilizado. Para saber em primeira mão, salve o site na barra de favoritos do seu navegador e também siga a instituição sem fins lucrativos nas redes sociais:

Como é o mercado de trabalho para o segmento de audiovisual?

Com o advento da era digital nos últimos 20 anos, o segmento de audiovisual ganhou fôlego, uma vez que produtores e editores de conteúdo deste formato são os principais agentes da comunicação na internet.

Um profissional do audiovisual conta com inúmeras possibilidades de trabalho, podendo trabalhar como produtor e editor do próprio conteúdo, como freelancer oferecendo seu serviço a outras pessoas e empresas ou, ainda, trabalhar em instituições públicas e privadas de diferentes áreas de atuação como agências, universidades, emissoras de TV, entre outros.

A profissão está atrelada à comunicação social e o profissional de audiovisual é capaz de produzir e editar materiais midiáticos como conteúdos para redes sociais, rádio, cinema, TV e serviços de streaming.

Quem deseja trabalhar como profissional de audiovisual precisa gostar de produção e edição de conteúdo, captação de recursos, cenografia, fotografia, iluminação, sonorização e animação.

O salário de um profissional de audiovisual pode variar de acordo com a modalidade de trabalho em que ele atua. Contudo, há registros que apontam a média salarial de R$ 3.215 com possibilidade de ganhos de até R$ 7.718.


JLL


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.