Concurso TCE-RJ 2020 – Analista de Controle Externo



Interessados devem realizar as inscrições até o dia 26 de fevereiro de 2020.

O tão aguardado concurso público para o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro – TCE-RJ está com suas inscrições abertas até às 18h do dia 26 de fevereiro de 2020. Uma excelente oportunidade para você que almeja ser um funcionário público e quer garantir estabilidade para os próximos anos. Para te ajudar a dar aquele empurrãozinho nos estudos, compilamos todas as informações necessárias acerca do certame, inclusive a remuneração inicial é de R$ 13.708,81, além de benefícios como auxílio saúde, alimentação, locomoção e educação, que inclui até 3 dependentes. Isso mesmo! Não dá para ficar fora dessa!

De acordo com as atribuições do TCE-RJ, divulgadas em seu site, o órgão é responsável pela fiscalização da aplicação dos recursos públicos por parte dos governantes. A entidade, para cumprir o exposto, necessita urgentemente de servidores para compor seu quadro funcional, pois além do último concurso ter sido realizado em 2012, possui também um grande quantitativo de funcionários que irão se aposentar nos próximos anos, causando um déficit de servidores.



O edital foi publicado em janeiro de 2020 e a banca escolhida para a realização do processo seletivo é a renomada Cebraspe (antiga Cespe), atualmente envolvida em diversos concursos pelo Brasil e causa muito receio nos concurseiros de plantão por ter um estilo de prova diferente de outras bancas.

Para o concurso do TCE-RJ estão sendo oferecidas 40 vagas de analista de controle externo, que exigem nível superior, e foram divididas entre quatro especialidades: controle externo (16 vagas), ciências contábeis (9 vagas), direito (8 vagas) e tecnologia da informação (7 vagas). Cabe ressaltar que dentre as vagas disponíveis, existem as reservas para as pessoas com deficiência, negros, índios e hipossuficientes economicamente. Também haverá formação de cadastro reserva. Além da exigência de nível superior, de acordo com seus respectivos cargos, necessita-se de dois anos de prática profissional.



Para se inscrever no concurso, o candidato deve acessar o site da Cebraspe, através do link http://cebraspe.org.br/concursos, e efetuar o pagamento da taxa de inscrição que está no valor de R$ 124,00. Os candidatos devem estar atentos ao cronograma, pois existe a possibilidade de solicitar isenção dessa taxa.

O concurso possui três etapas: prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. A primeira etapa será realizada no dia 25 de abril de 2020, no turno da tarde e terá duração de 5 horas. Serão 200 questões, divididas em 100 de conhecimentos básicos (Língua Portuguesa, Administração Pública, Análise de Dados e Informação, Auditoria Governamental, Controle Externo, Direito Administrativo e Direito Constitucional) e 100 de conhecimentos específicos (matérias variam conforme a área escolhida pelo candidato), do tipo “certo” ou “errado”, sendo que uma questão respondida de forma errada anula uma certa. A segunda etapa será realizada no dia seguinte, 26 de abril de 2020, no turno da manhã, com duração de 4 horas. Será constituída por três questões e uma peça de natureza técnica. Ao final dessas etapas, o candidato diante do gabarito, com previsão de divulgação no dia 28 de abril de 2020, poderá interpor recursos caso não concorde com a correção nos dias 29 e 30 do mesmo mês e ano. A última etapa consiste na apresentação de diplomas de especialização, como curso de pós-graduação, mestrado ou doutorado. Dependendo do título apresentado, o candidato consegue pontos que irão compor sua nota final.

O futuro servidor do TCE-RJ participará do programa de Formação dos Novos Servidores, que tem a finalidade de integrá-lo e ambientá-lo no desenvolvimento de competências mínimas necessárias para atuação no cargo, além de cumprir algumas etapas previstas na Constituição Federal do Brasil: Aprovação em concurso público, Nomeação em cargo efetivo, Três anos de efetivo exercício (o famoso estágio probatório) e Avaliação Especial de Desempenho.

Carla de Oliveira Pinho Cardoso

Deixe o seu comentário